domingo, 11 de setembro de 2011

My Private MasterChef

Posso dar-me ao luxo de ter um.

Nem imaginam vocês o cheirinho que emana daquela cozinha enquanto, resfastelada na minha sala, vejo as últimas do facebook, espreito o telejornal e vos escrevo esta notinha (só para meter inveja!...)

É por estas e por outras que não há homem como o meu Amorido!... Além de todas as outras milhentas qualidades que lhe encontro (shiuuu, não posso dizer muito alto, que ele também lê isto!), destaca-se o jeito que tem para a cozinha! E "cozinha de tacho", como a dele, não há. Umas favas de comer e chorar por mais. Migas de broa e grelos, que me deixam com água na boca só de falar. Um guisadinho de grão com farinheira... Eu sei lá! Com ele, um simples frango estufado com batatinhas e cenouras fica um pitéu!

E com um homem destes, como hei-de eu conseguir perder os 5 quilinhos que faltam???

Por esta altura está para sair da cozinha um belo Cozido à Portuguesa, com tudo a que tenho direito. E já tenho ali um tinto do Douro 2008 "a respirar", a aguardar tal petisco, cavalheirescamente servido por ele!

São estas coisas (e outras, sim... muitas outras!) que fazem uma mulher derreter-se.

Isso, e um album fresquinho dos R.E.M. :-)

2 comentários:

L.O.L. disse...

Actualmente os homens andam muito dotados na culinária. É um facto. ;)

Estudante disse...

Migas de broa, tão booom! Também quero um Estudante que cozinhe x)