domingo, 4 de julho de 2010

...State of Mind!

Já repeti isto até à exaustão, mas nunca é demais relembrar: Ser da Damaia é uma forma de estar.

É ser bairrista. É conhecer toda a gente. É conhecer os bons exemplos a seguir, e conhecer os maus exemplos - a evitar. É subscrever o Facebook da Escola Secundária onde andei, e ver fotografias que me fazem viajar mais de 20 anos. E lembrar-me dos nomes de todos quantos aparecem.

Ser da Damaia é ir à colectividade e sentir-me lá bem. Ou querer mudar de casa e equacionar apenas duas ruas acima.

Ser da Damaia é saber onde encontro os melhores tremoços, com 39º numa tarde de domingo, como hoje! E quem faz os melhores caracóis... É ouvir os colegas de trabalho dizer " ahhh, e tal, na Damaia é que eu não morava". Diz quem não percebe nada disso!!!!

Por muita fama que tenha, a Damaia (de cima, entenda-se) é um sítio a que pertencemos. E quanto a isso...

E por muito que toda a gente pense que sabe o que é, ser da Damaia (como ser do Barreiro, ou do Fogueteiro, ou de tantas outras terras) é muito mais do que isto:

1 comentário:

Amélia Alberto disse...

Realmente ser da Damaia....não significa nascer na Damaia.....mas ser da Damaia é muito mais que isso é SENTIR A DAMAIA.....defender a Damaia com unhas e dentes... é transportar sempre a Nossa Damaia no coração.... e gritar bem alto EU SOU DAMAIENSE COM MUITO ORGULHO.....