segunda-feira, 15 de março de 2010

Grrrrr.... Finanças!

Este ano o Ministério das Finanças prometeu aos Portugueses que efectuaria a liquidação do IRS 20 dias depois da entrega. Vai daí, desencadeou uma corrida desenfreada ao site das finanças.

Ora, já dizia a minha mãezinha, não se promete uma coisa que não se possa cumprir! E nem me estou a referir ao tal pagamento vinte dias depois, já que há muito deixei de acreditar no Pai Natal.

O que me irrita verdadeiramente, é o facto de ninguém por lá se ter lembrado que esta promessa iria originar uma verdadeira loucura nos acessos ao website. E como é que ninguém por lá conseguiu prever tal cenário ou compreender que os servidores não teriam capacidades para “digerir” tamanha dose de acessos simultâneos.

Ainda por cima, como se não bastasse ainda de estupidez, na bela página do “desculpem-lá-qualquer-coisinha” obtemos uma mensagem, no mínimo, ridícula: “Para actualizações e melhorias o Portal das Finanças está indisponível por um período aproximado de 30 minutos. Pedimos desculpa pelo incómodo.”

Não sei que tipo de relógio se usa por lá, mas para mim, 30 minutos é um período muito mais curto do que o que medeia o dia 10 e o dia 15 de Março!

Isto anda a deixar-me danada! É mais ou menos o mesmo que abrirem as entregas em papel e não terem formulários que cheguem para toda a gente!!!

Só por cá!... This is Our Country (que pelos vistos, está bem longe do do John Mellencamp!)

sexta-feira, 12 de março de 2010

1º Aniversário

Há um ano atrás, por esta hora, sentia-me "Speachless"...

Tínhamos almoçado juntos. Mal conseguíamos comer. Fomos e viemos de mãos dadas, e beijaste-me pela primeira vez. Um beijo que me fez dar três voltas completas à Praça de Espanha - literalmente!

Obrigada por este ano maravilhoso. Obrigada por me teres deixado fazer parte da tua vida e, acima de tudo, obrigada por teres entrado na minha.

É tão fácil amar-te!!!!

Há um ano, ouvi esta música pela primeira vez - foste tu que me enviaste. Aliás, foi um pouquinho a música que nos aproximou... - e hoje sou eu que digo: "I got an Angel!...We share the same soul!"

quinta-feira, 4 de março de 2010

A minha amiga S. é...

É muito mais velha do que eu! E, quando eu digo muito, é muito mesmo!!! Mais um dia, e seria três largos meses mais velha que eu! É uma “cota”!

É muito bonita. Cuida-se, sem ser uma “barbie”. Mantém-se fiel ao seu estilo “desarrumadamente fashion”, e sempre fez o maior sucesso com os rapazes lá da escola, e lá da rua. Porém, nunca foi muito namoradeira.

É muito inteligente. Procura sempre conhecer coisas novas. Aprender com as mais diversas situações, e de todas as fontes. Enriquecer, enquanto ser humano.

É dona de um fantástico e apurado sentido de humor. Tem sempre o comentário certo na altura certa. Por vezes, um humor negro de que sou adepta. Mas nunca a piada fácil.

É muito “senhora do seu nariz”. Independente. Tem convicções fortes e valores muito bem definidos. Complicada, sim! Tem um excelente carácter. Boa ouvinte, evita os juízos de valor precipitados e as ideias pré-concebidas. É uma pessoa decidida, embora por vezes ande “a embrulhar” algumas decisões.

É muuuuuito boa companhia. Tal como eu, gosta de conversar, e temos sempre assunto. Falamos de tudo (menos mal dos outros – salvo raríssimas excepções, sempre devidamente justificadas!). Nós as duas, e um bom vinho tinto… e é conversa para a noite toda!

É versátil nos seus gostos pessoais. Partilhamos e “discutimos” sobre música, livros, filmes ou teatro. Tão depressa ouve as “rockalhadas ‘80” de que eu gosto, como os novos projectos musicais “pseudo-intelectuais”. É por isso que lhe chamo “Alternativa”!

É de "muito boas famílias" – principalmente se considerarmos que somos grandes amigas há mais de 30 anos e que, recentemente, lhe “fisguei” o primo!

Enfim, é a D. Rosa!... já vos tinha falado dela!

E hoje, a D. Rosa é também a responsável pela escolha musical deste blogue. Uma das suas descobertas musicais do capítulo “alternativo-nacional”, que acabei de conhecer pela sua mão (salvo seja! que foi por sms que falámos disto).

E esta podia ser a “nossa rua”!


quarta-feira, 3 de março de 2010

Parece uma piada... sem piada nenhuma!

Isto é verdadeiramente o cúmulo do azar!!! Até parece uma piada, sem que tenha piada nenhuma!!!!


Um grupo de nove haitianos que sobreviveu ao terramoto do Haiti, em Janeiro, e foi procurar refúgio no Chile foi surpreendido por mais um pesadelo quando o país foi sacudido por um terramoto de magnitude 8,8 na semana passada.

In "Diário Digital", 03 de Março 2010

Ele há coisas!........ Do caraças!!!!!

Ansiosamente à espera do sol

Pelo mundo, este mês quase se resume a chuvadas, sismos, desabamentos, inundações… morte, perda, destruição. O meu “Amorudo”, na sua discreta mas profunda inteligência que tanto admiro (entre as outras inúmeras características dele que me conquistaram) tem uma teoria: É o mundo a limpar-se dos seus próprios males. Pode não ser uma teoria “cor de rosa” – é dura, na sua essência - mas faz todo o sentido!

Olhando aqui para o meu umbigo, tem sido um mês bem mais calminho. Muito trabalho, mas também muita família, muitos amigos, muito cinema, e muuuuuuuuuuuito namoro (embora namorar nunca seja "muito"!)...

A “Operação Barriga Killer” começa a surtir efeito: 5 quilinhos a menos, confirmados há pouco mais de três horinhas atrás, na malvada balança do ginásio. O esforço tem sido grande, confesso. Principalmente no que toca a não comer as porcarias todas que me apetece. Jurei a mim mesma que a colecção de biquinis que tenho, e mais os dois ou três novos - liiiiindo - que já ando a namorar para este ano, tem de assentar bem na época balnear que se aproxima.

… Mas… será que vamos ter época balnear????... Olho lá para fora, e fico com sérias dúvidas!...

‘Tou cansada de tanta chuva, tanto vento e tanto frio! Acho que nunca estive tão ansiosa pela chegada da Primavera.

Tenho saudades das saídas ao final da tarde para as esplanadas à Beira Rio. E dos jantares junto ao mar. Dos caracóis e das cervejolas. Dos petiscos de verão, depois de um dia de mergulhos e caminhadas na Praia. Tenho saudades da minha Sesimbra. Se vejo este Inverno acabado, nem acredito!

E é por isso que hoje vos deixo uma música que, ao fechar os olhos, me faz visualizar dias melhores (já o fez muitas vezes... quando os dias eram negros de acontecimentos, assim como o faz quando os dias são negros de nuvens!)

Uma grande música dos Beatles (e quem é que ontem à noite apostou que esta música hoje iria parar ao meu blogue??? quem foi???? Milhões de beijos para ti!).