sábado, 2 de janeiro de 2010

Melhor, é impossível!

Lá se foi o Natal e a Passagem de Ano, os doces, a família a encher a casa (e a deixá-la num caos) e todas as coisas boas que esta quadra nos trás. E, graças a Deus, também já lá vão as coisas menos boas das festas - como é o caso do corropio das compras e deste espírito brutalmente consumista, que tanto abomino. Deixei as prendas de Natal para o último dia - como aliás já é normal em mim. Comprei o que queria para os meus meninos (por cá, a regra instituída é que apenas as crianças têm presentes) e passei momentos muito felizes.

Foi o primeiro Natal e a primeira Passagem de Ano da nova família - eu, o meu Amorudo e as duas pirralhas! Juntaram-se a nós o meu pai, manos, cunhadas, sobrinhos... foi uma alegria!

Dissémos adeus a 2009, que foi sem dúvida um dos melhores anos da minha vida! A todos os níveis: dos momentos que passei com os amigos, à realização profissional, passando pela resolução de alguns "assuntos pendentes". Mas, principalmente, no Amor! Em 2009 fui mesmo muito feliz!

Por aqui, passei de "uma música por dia" para "uma música de vez em quando"! Ehehehe. Mas sinto-me bem com isso, e com as minhas ausências "bloguisticas", que são sempre por muito boas causas!

Não fiz planos, nem tomei decisões de Ano Novo. Quero apenas disfrutar de cada minutinho desta fantástica aventura que é a vida. Tenho projectos, é certo, mas tenho também a força para os concretizar!

Agora, resta-me receber 2010 de braços abertos. Aos meus amigos desejo o melhor: saúde, trabalho, sucesso e amor...

No que me diz respeito, que seja tão bom como 2009, porque... melhor é impossível!!!