quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Ambiguidade

Há coisas (uma coisa, neste caso) que, peremptoriamente, sei que não quero.

Sei muitíssimo bem o porquê. É racional e, se começar a pesar os prós e os contras, o lado dos contras ganha com larga vantagem.

Mas porque será que, mesmo tendo essa clara consciência de que não quero, a constatação de que não se concretizará me deixou tremendamente triste?

Ambiguidade. É a diferença entre pensar com a cabeça e com o coração…



1 comentário:

Chocolate disse...

pois, lá está...

Por vezes há que ser racional...

Fala aquela que tem sempre o coração na boca, e que quase sempre o considera primeiro
bjs