quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Starting Today...

Detesto as chamadas “resoluções de Ano Novo”. Em primeiro lugar, porque me conheço e sei que não as cumprirei. E em segundo, porque acho que a magia da vida está simplesmente em “deixar fluir”…

Mas este ano tenho uma: Parar de roer as unhas.


Sim, porque não há nada pior do que uma pessoa que considera as mãos como uma das partes mais sensuais do corpo, ter umas unhas como as minhas! Resultado? Estou sempre a esconder as minhas mãos, enquanto não resisto a reparar nas que me rodeiam. Está decidido!...

Para além disto, apenas quero aproveitar o que a vida me trouxe de bom, e ser muito, muito feliz!

Starting Today!

4 comentários:

Precis Almana disse...

Eu deixei de roer com 37 anos e não me conhecia sem...
Ao fim de uma semana, fui a uma manicure para me arranjar as unhas (porque eu não sabia fazê-lo, as unhas eram tesoura e corta-unhas). Saí de lá com o dobro do tamanho (as cutículas antes ocupavam meia unha).
Nunca mais roí e hoje em dia ninguém acredita que tinha roído toda a vida.
Por isso, força!

Bruno Fehr disse...

Isso é verdade, eu reparo muito nas mãos e nas unhas. Roí as unhas durante 3 meses até que deixei de gostar da minhas mãos e me vi um dia com vergonha de as mostrar. Nesse dia parei e hoje gosto das minhas mãos.

Aprende-se muito sobre uma pessoa pelas mãos, mas pior ainda são unhas sujas... ka nojice!

zequinhas disse...

Era o meu vício desde crianca, uma forma de controlar o meu nervosismo, mas deixei de o fazer de uma forma natural, vais ver que não custa nada. As mãos são um dos cartoes de vizita de cada um de nós.

bj
*

Sininho disse...

Minha querida que grande decisão!!

Tens todo o meu apoio dado que também já passei pelo mesmo!!

E hoje tenho as unhas que tu bem conheces... grandinhas!!!

Força e sempre que precisares cá estou para te dar uma "palmadinha" nas mãozinhas!!!