segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

"2008 em Revista"... na TV!

Se ontem foi o dia de eleger os bons e maus da música, hoje é a vez da TV.

Sim, que vejo pouca... mas vejo! Normalmente, resumo a minha passagem pela parte da frente do Televisor às séries internacionais, VH1, e pouco mais. No entanto, aqui vai a minha escolha.

Produção Nacional:

- O Mais: "Conta-me como foi".
Sinto-me "cota", como o meu irmão mais novo me chama. Mas o facto é que até das caixas onde, na série, se guarda o arroz e o açucar eu me lembro. E das carteiras da escola - aquelas mesas em madeira, com o tampo inclinado. E dos pratos - aqueles pratos de vidro castanho ou verde. E de tantos e tantos outros detalhes que vão surgindo na série, e me recordam a minha própria infância! (ok, confesso que tb gostava de escolher o "Liberdade 21"... mas era só por causa do Ivo Canelas!!!)

- O Menos: Novelas.
Não há quem aguente a seca com que somos inundados diariamente. Os argumentos são péssimos, as bandas sonoras "pimbas" e os actores são terríveis - e destaco, de entre estes heróis da arte de mal representar, o José Carlos Pereira, que tem um problema na boca e não consegue separar os maxilares enquanto fala!

Produção Internacional:

- O Mais: "Californication".

Adoro! Sim, eu sei... já tinha passado em 2007, mas tb passou em 2008, e eu não lhe resisto. O humor é fantástico, o nivel de maluquice alucinante e traduziu-se sempre em momentos bem passados em frente ao Televisor (até confesso que vi de empreitada, outro dia, todos os episódios que tinha perdido)

- O Menos: "Doctor House".

A sua arrogância e prepotência irritam-me solenemente. E aqueles casos, tão díficeis que nem lembram ao careca, também. E aquele "dom", que lhe permite descobrir sempre tudo no último momento, exactamente quando o paciente já estava mesmo prestes a "arrumar as botas". Não posso com o senhor... mas provavelmente devo ser só eu!... Coxo, maricas (sempre a queixar-se) e todo drunfado!!!! Santa paciência!


Quanto a música - a verdadeira razão de ser deste blogue - e para que tudo por cá seja coerente (e sim, isso nem sempre acontece, mas eu também tenho alguma "pancada") escolho uma música que, sem integrar a banda sonora da minha escolha internacional, tem a coincidência no nome e a vantagem de ser Red Hot Chili Peppers!

2 comentários:

humming disse...

Teresa! É preciso ter coragem para falar assim do Dr. House, nem eu a tenho! :) Mas assino por baixo.

E a acompanhar tudo isso que disseste, há uma a quantidade enorme de pessoas a achar a postura dele um espectáculo e que se identificam tanto com ele... Pois...

Enfim... Boa!
(mas aquela dos cientistas ainda está aqui no coração por cicratizar... snif...)

Teresa disse...

Finalmente... alguém que partilha da minha opinião sobre o Dr. House!!!

E quanto aos Cientistas... depois dos v/ comentários lá no "sítio do trintão" até reavaliei a minha opinião. É que sou um bocado de "ligação directa" e às vezes digo (ou escrevo) coisas sem pensar... e depois até nem é bem assim!!!

Enfim... há cientistas e cientistas!!!!

Bjnhs e entra em grande em 2009!