segunda-feira, 23 de junho de 2008

Uma paixão "incendiária"

Mais uma vez, fiquei uns dias sem escrever nestas paragens. Porquê? Porque nem sei o que escrever!!!... É que as paixões são coisas difíceis de gerir! ;)

De há uns tempos para cá, tenho andado "apanhadinha" por alguém que nem sabe que existo (ou se sabe, faz de conta que não sabe).

... Ok!... acho que é burro!!!... ou a burra serei eu, pela pura perda de tempo?! Mas hoje, não é dele que me apetece falar. Já lhe dediquei demasiadas linhas nestes capítulos.

Hoje quero falar de uma "paixão incendiária"!...

Foi o acaso que trouxe à minha vida alguém de quem já não tinha notícias há muito.... e, nem sei bem como, envolvi-me num tal jogo de sedução que, confesso, já fez sentir os seus efeitos em mim...

É uma química antiga... uma coisa muito física. Um jogo de palavras... Cada vez mais intenso e envolvente.

É uma paixão incendiária, porque cada palavra trocada aviva mais o fogo... e sinto-me tão viva!!!!

E quero viver esta paixão!

Chega de perder tempo... a vida é para ser vivida, plenamente!... Sem ter de pensar muito no amanhã, porque o hoje está a ser muuuuuuuuuuuito bom!!!!

Aqui fica um beijo especial (dos nossos) para o responsável por esta "paixão incendiária"!

E, hoje não deixo a música deste dia, mas uma que "apimentou" o meu dia de ontem...

Prince, "Do me, Baby"...

Sem comentários: