sábado, 24 de maio de 2008

1985... recordar é viver!

Hoje, depois do Telejornal, estava a ver uma reportagem da SIC - Perdidos e Achados - e a relembrar o ano de 1985.

Lembrei-me como se tivesse sido ontem, e algumas não foram as melhores recordações. O programa era sobre o acidente ferroviário de Alcafache. Foi realmente uma tragédia. Eu tinha feito 13 anos.

Por essa altura costumava ir para a terra do meu pai, em Unhais da Serra, Covilhã. Ia sempre no mês de Setembro. Ia com a minha tia mais nova e as minhas duas primas. Por norma, íamos de comboio, num regional que saía de Santa Apolónia e demorava uma eternidade a chegar lá. E normalmente, era muito divertido. Mas nesse ano, tudo foi diferente. Não fomos para Unhais, e também não voltámos nunca mais a ir de comboio. Essa tragédia marcou-me de tal maneira que hoje, a ver essas imagens, parecia que tudo se tinha passado ontem.

Mas 1985 teve outras coisas... e boas!

A minha família tinha um novo membro - o meu irmão Diogo. Tinha nascido em Janeiro e acabara de ser baptizado. Para mim era um espectáculo ter um maninho bébé, quase 13 anos mais novo. Ainda hoje ele é, e acho que sempre será, o "meu menino".

Também em Janeiro de 1985 aconteceu a primeira edição de um evento que é agora mais global - o Rock in Rio - assim como, nesse Verão, um dos mais mediáticos concerto conjuntos de solidariedade, cujo objectivo era ajudar no combate à fome na Etiópia (situação essa que também me marcou imenso) - o Live Aid .

E por essa altura, andava eu a viver um Amor Platónico - apaixonada pelo namorado da minha prima! Que além de "liiiiindooooo" era bastante mais velho que eu - na altura, 5 anos era uma diferença abismal (eu com 13 e ele com 18)... agora, nem tanto...

Ainda hoje me lembro desse amor platónico... Era muito engraçado. Olhava para ele... mais velho e tão bonito... e sabia que não iria ter nada com ele, e também não me importava! Se ele me dirigia a palavra, derretia-me toda.... eheheh. Foi a minha primeira grande paixão...

... Também, seria díficil não me lembrar. É que hoje em dia moramos muito perto, e vejo-o com alguma frequência desde que voltei para a Damaia. Cada um de nós tem a sua vida, e desse tempo só resta aquele visual fantástico que ele nunca perdeu... Há coisas que o tempo só melhora!!!! eheheheh

Bom, e posto isto, para recordar 1985, aqui fica "We Are the World" dos USA for Africa, que encerrou extactamente a parte americana do concerto Live Aid. Esta música acabaria por, ainda nesse ano de 1985, ser destronada dos TOPs pelo Crazy for You da Madonna, que já referi neste blog, num Post Anterior.

Aqui vai... e boas recordações!!!

1 comentário:

Dit@ disse...

Xiça em 1985 tinha 7 anos!!!